Meditar no frio



Manter a prática da meditação no frio pode ser desafiador.

Seja em ambiente aberto ou fechado, meditar no frio é tão importante quanto em dias com temperaturas mais quentes.

É importante levar em consideração algumas questões para que sua prática lhe proporcione os seus benefícios e o bem estar. 

Para isso, observe que seu corpo requer um cuidado especial:

✅ escolha um local seguro e agradável;

✅ use roupas confortáveis, cachecóis, luvas e meias, se necessário para aquecer as extremidades: cabeça, braços e pernas (quando mãos e pés estão muito frios fica difícil se concentrar e realizar a prática com prazer);

✅ realize movimentos para aquecer os músculos e vértebras, antes da prática, e escolha a posição mais confortável;

✅ realize ajustes durante a prática, se necessário (alinhe a coluna, observe a base, ajuste o pescoço e postura da cabeça);

Por fim, se recorde que os dias mais frios proporcionam maior acolhimento e podem ampliar a reflexão para o resguardar-se, logo o calor e o sol  hão de vir, fazendo o convite à viver a vida com toda sua plenitude e ação. 

Enquanto isso, este momento geladinho ou chuvoso, vem para aquietar o corpo e a mente, para olhar para dentro.

Então, sinta cada fase, cada sensação que o clima do agora tem a oferecer.

Então, vamos praticar? 

Vem meditar comigo!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Gratidão!